Monitoramento do Projeto Observando o Tietê, divulgado nesta quinta-feira (22) pela ONG Fundação SOS Mata Atlântica, mostra que a mancha de poluição do rio Tietê diminuiu 11% neste ano na comparação com 2015, mas ainda se estende por 137 km. Há um ano, o trecho do rio no qual o índice de qualidade da água varia entre ruim e péssimo era de 154,7 km.

De acordo com o estudo, atualmente, o trecho do rio morto banha sete cidades: Itaquaquecetuba, São Paulo, Osasco, Barueri, Santana do Parnaíba, Pirapora do Bom Jesus e Cabreúva (única do grupo fora da região metropolitana).

Dados da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) obtidos pelo Fiquem Sabendo com base na Lei de Acesso à Informação mostram os índices de tratamento de esgoto coletado desses sete municípios (veja no infográfico abaixo):

O esgoto não tratado é descartado no meio ambiente sem tratamento. Dado o fato de o subsolo da Grande São Paulo esconder mais de 300 cursos d’água, é grande a probabilid...

Please reload

NOTICIAS RECENTES

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

ORGANIZAÇÃO