14 Feb 2017

Canalizações e enterramentos relegaram rios de São Paulo ao esquecimento(reprodução/PMSP)

São Paulo – Para o geógrafo Luiz de Campos Jr., um dos fundadores do projeto Rios e Ruas, que busca dar visibilidade aos rios da capital paulista, após a crise hídrica de 2014 e 2015 que assolou o estado a consciência da população com os cuidados com a água se expandiu, mas falta pressionar por políticas de saneamento básico, ainda insuficientes. Segundo ele, os rios canalizados e enterrados dificultam a visualização dos problemas. 

"A gente enterrou os rios, mas eles continuam aí. Eles continuam em condições ruins, a maioria bem poluídos na parte urbana da cidade, mas vivos. Essa consciência se ampliou. Mas ainda falta muita coisa. Falta entender que os rios não estão assim porque um dia a gente sujou. Estão assim porque a gente sujou ontem, está sujando hoje e vai continuar sujando", afirma Luiz de Campos Jr. em entrevista à repórter Anelize Moreira, da Rádio Brasil Atual, na manhã de ontem (13)....

Please reload

NOTICIAS RECENTES

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

ORGANIZAÇÃO