10 Sep 2018

Em meio à grande crise civilizatória, um grupo de pensadores-ativistas propõe um encontro para articular novas resistências e utopias concretas

Pela Fundação Audácia em nome da Humanidade | Tradução: Inês Castilho | Imagem: Oona Hassim - publicado no Outras Palavras 

Qual a razão deste convite? Agir como habitantes da Terra contra a mercantilização e a privatização de todas as formas de vida. Os seres humanos não têm de pedir reconhecimento dos direitos e dignidade à classe dominante, às multinacionais e ao mercado.

A fonte legítima do poder pertence aos seres humanos, aos povos e à humanidade. Numa verdadeira democracia, o poder está difundido por todo lado, compartilhado entre todas e todos. Na verdadeira sociedade dos direitos e da justiça, cada ser humano pode viver nos lugares da Terra que escolheu viver. Não há clandestinos na Terra, nem habitantes de segunda ou terceira classe.

A humanidade deve colocar-se e existir como sujeito principal da autorregulação d...

Please reload

NOTICIAS RECENTES

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

ORGANIZAÇÃO