2 Jul 2019

Urbanista propõe uma saída sustentável e não-segregadora para áreas de mananciais ocupadas por moradias precárias. Implica enfrentar a especulação imobiliária — e integrar políticas de habitação social, saneamento e transporte

Angélica Tanus Benatti Alvim entrevistada por João Vitor Santos, no IHU | Imagem: Felipe Rau

Quando ocorre um vazamento de óleo, a viscosidade do líquido faz com que ele se alastre e vá sufocando tudo que encontra pela frente, seja na água, seja na terra. E, na área contaminada pelo óleo, a vida se estabelece de forma precária.

Essa metáfora é ilustrativa e revela como a professora, arquiteta e urbanista Angélica Alvim compreende o crescimento desajustado de cidades brasileiras, o que chama de urbanização dispersa. “Os problemas da urbanização dispersa têm muito a ver com os problemas das cidades brasileiras, que crescem de forma espraiada, como se fosse uma mancha de óleo, sem planejamento”, reitera, na entrevista concedida por telefone à IHU O...

14 Feb 2019

Pesquisadoras analisam como gestão pública conduz política de urbanização de favelas, atividade que passa por terceirização para empresas privadas

Construções nas margens da represa Billings, que é um dos principais reservatórios de água da Região Metropolitana de São Paulo – Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

Por Jornal da USP 

Estudo revela uma tendência que se instaurou na política pública de urbanização de favelas nos anos 1990: a retirada, dos governos municipal e estadual, grande parte do conhecimento acumulado sobre o entorno de mananciais como os das represas Billings e Guarapiranga, uma parte importante das cidades da Região Metropolitana de São Paulo. Esse conhecimento, presente em documentos que vão de projetos, mapas, até dados estatísticos sobre as famílias que vivem nessas regiões, é fundamental para o planejamento e execução da política pública, mas está, em grande parte, acumulado nos escritórios e nas experiências dos profissionais de empresas privadas chamadas gerenciado...

11 Dec 2016

A urbanista Ermínia Maricato fará a palestra de inspiração durante a primeira edição do Envolverde Convida – O Futuro das Cidade, evento que vai propor temas para o debate sobre os rumos das cidades brasileiras nas próximas décadas.

Ermínia Maricato, arquiteta e urbanista, vai fazer a palestra de inspiração no evento Envolverde Convida – O Futuro das Cidades

por Katherine Rivas, especial para a Envolverde

As cidades brasileiras estão crescendo nas periferias e sendo esvaziadas no centro. Essa é a conclusão a que chegou a urbanista Ermínia Maricato, que já atuou na Secretaria de Habitação e Desenvolvimento Urbano em São Paulo e no Ministério das cidades, em Brasília. Ela afirmou que existe hoje uma nova dinâmica de crescimento nas cidades brasileiras, com abandono das áreas centrais e a ocupação desordenada das periferias.

Segundo a urbanista, 80% dos municípios repetem este sistema, no entanto o crescimento da periferia é na sua maioria ilegal impactando no acesso aos serviços básicos.

Um r...

Please reload

NOTICIAS RECENTES

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

ORGANIZAÇÃO