26 Apr 2019

Reservatório Piraquara 1 fica localizado na Região Metropolitana de Curitiba. Créditos: Prefeitura de Piraquara / Bruno Oliveira

Por Sabrina Rodrigues - O Eco

Propriedades rurais que preservarem áreas naturais localizadas na região do Reservatório Piraquara 1, na região Metropolitana de Curitiba, poderão se inscrever para receber apoio financeiro. A Prefeitura de Piraquara, município da Grande Curitiba (PR), lançou edital para selecionar as propriedades que serão beneficiadas pelo Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) Manancial Vivo. Os interessados têm até o dia 6 de junho para se inscrever.

O Projeto Manancial Vivo tem como objetivo geral incentivar a conservação e manutenção de áreas naturais localizadas em áreas particulares, estratégicas para a garantia da quantidade e qualidade hídrica de um dos principais mananciais de abastecimento da Grande Curitiba.

Os proprietários selecionados pelo edital poderão receber de R$ 81,30 a R$ 650,40 por hectare de área natural preservada. Ao...

25 Apr 2019

Moradores de São Bernardo do Campo, Santo André e Diadema relatam falta de água.

 Do portal G1 

Após moradores da região do ABC reclamarem de água marrom saindo das torneiras, agora eles enfrentam falta de água em pelo menos três municípios: São Bernardo do Campo, Santo André e Diadema.

Em um condomínio de São Bernardo do Campo, no bairro Paulicéia, para atender as 80 famílias que estão sem água, o condomínio contratou um caminhão-pipa de 30 mil litros na manhã desta quinta-feira (25).

Segundo a Sabesp, o excesso de chuvas no sistema Rio Grande, que faz parte da represa Billings, que abastece o ABC, fez com que a água ficasse barrenta. Com isso, a Sabesp diminuiu em 15% a produção da água, e a diminuição da vazão afetou um milhão de pessoas.

A Sabesp anunciou que irá dar desconto por alguns dias na conta de água para quem sofrer com a falta de água e com a água barrenta. Para isso, a pessoa deve entrar em contato com o telefone 0800 presente na conta e fazer a solicitação de desconto.

O...

Enquanto iniciativas para privatizar sistemas de saneamento avançam no Brasil, um estudo indica que esforços para fazer exatamente o inverso - devolver a gestão do tratamento e fornecimento de água às mãos públicas - continua a ser uma tendência global crescente.

Serviços inflacionados, ineficientes e com investimentos insuficientes são motivos para a reestatização

BLUBERRIES/GETTY IMAGES

por Júlia Dias Carneiro Da BBC Brasil

De acordo com um mapeamento feito por onze organizações majoritariamente europeias, da virada do milênio para cá foram registrados 267 casos de "remunicipalização", ou reestatização, de sistemas de água e esgoto. No ano 2000, de acordo com o estudo, só se conheciam três casos.

Satoko Kishimoto, uma das autoras da pesquisa publicada nesta sexta-feira, afirma que a reversão vem sendo impulsionada por um leque de problemas reincidentes, entre eles serviços inflacionados, ineficientes e com investimentos insuficientes. Ela é coordenadora para políticas públicas alternativa...

Please reload

NOTICIAS RECENTES

Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

ORGANIZAÇÃO