ETE mais antiga também é pioneira em inovação


A estação de tratamento de esgotos (ETE) Jesus Netto, localizada no Ipiranga, é a mais antiga da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) (inaugurada em 1935) e a primeira a aplicar o processo biológico de lodo ativado na América Latina. A técnica, desenvolvida na Inglaterra em 1914, consiste em um sistema em que o esgoto e o lodo ativado são misturados, agitados e aerados (tanque de aeração) para que ocorra a decomposição da matéria orgânica pelo metabolismo das bactérias presentes. Além disso, a estação também é pioneira na produção de água de reúso para fins industriais.


Até 1980, a ETE funcionou somente como centro de pesquisas e para desenvolvimento de novas tecnologias para tratamento de esgoto. No mesmo ano, passou por uma reformulação e tornou-se, também, uma estação-escola que oferece treinamento e formação profissionalizante em processos de tratamento.


O nome da estação, por sua vez, foi uma homenagem feita, em 1957, pelo governador da época, Jânio Quadro, a um técnico da área do saneamento chamado João Pedro de Jesus Netto por meio do Decreto Estadual nº 28.656 12/6/57. Antes a ETE era chamada de Estação Experimental de Tratamento de Esgoto do Ipiranga.

Nos dias atuais

Atualmente, a ETE Jesus Netto tem capacidade de produzir mais de 116 milhões de litros de água de reúso por mês e uma média de fornecimento, em 2016, de mais de 38 milhões de litros mensais por meio de rede e caminhões. Hoje, além de estar totalmente automatizada em seus processos, permitindo o monitoramento a distância pela Internet, a ETE também vem pesquisando e desenvolvendo, com outras unidades da Sabesp, novas e atuais técnicas nos processos de tratamento e produção.


Fonte: Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento – Aesbe



Notícias recentes
Procurar por tags

ORGANIZAÇÃO