Água é vida,

e vida não se vende.

Preservação já!

O Abraço Guarapiranga é uma manifestação de respeito e carinho da população com as fontes de água de São Paulo. É também, um ato de denúncia e indignação contra descuido com a preservação dos mananciais.


Em sua 14ª edição, o Abraço, mais uma vez, mobilizará e alertará os cidadãos, as empresas e todos os níveis dos governos para a urgência de se construir uma nova cultura de cuidado com a água. Dados do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), indicam que apesar dos poucos avanços, o acesso a água e as redes de esgoto é precária e há muito por fazer:


Aproximadamente 35 milhões de brasileiros não tem acesso à água enquanto isso 38,3% da água tratada é perdida em razão das falhas na rede. Cerca de 100 milhões de pessoas não tem acesso a coleta e tratamento de esgotos. Anualmente 400 mil são atendidas pelo SUS por doenças ligadas a condições inadequadas de saneamento consumindo cerca de R$ 140 milhões. Recentemente, São Paulo viveu uma grave crise no abastecimento de água. As torneiras dos Bairros afastados do centro secaram. Procurando se defender as pessoas armazenaram água, muitas vezes inadequadamente potencializando os casos de dengue, zica, chikungunya  e outras doenças.


A crise foi negada pelas autoridades que se apressaram em  anunciar  obras que reforçam a prática de buscar água cada vez mais longe das cidades, encarecendo o processo. Não foram apresentadas ações concretas de redução das perdas por vazamentos nem providências de consumo consciente ou de despoluição e recuperação dos mananciais.


As áreas verdes, essenciais para a proteção dos mananciais e produção de água, sofrem com a destruição indiscriminada causada pela especulação imobiliária e ocupações desordenadas, e o sistema de fiscalização e punição continua está fragilizado.


Está em curso uma tentativa de força a privatização dos sistemas de saneamento, o que agravaria as disparidades na qualidade e na cobertura, aumentaria as tarifas dos serviços de água e esgoto em todo o país, e comprometerá a meta de universalização.


Por outro lado, no Brasil, os eventos extremos causados pelas chamadas mudanças climáticas, em sua maioria estão diretamente relacionados à água. Tanto as secas como as enchentes devem se tornar mais frequentes e duradouras provocando graves perdas para todos.


Por tudo isso o Abraço Guarapiranga 2018 elegeu como tema “Água é vida, e vida não se vende. Preservação já!”


Nada justifica que diante de problemas tão grandes e graves se continue a tratar da água com tamanho descuido: Basta de doenças, poluição e destruição dos mananciais!

PROGRAMAÇÃO

M'Boi Mirim I – Região do Jd. Ângela

8h00 – Saída de caminhadas das Paróquias da Região em direção ao local;

10h00 – Chegada, acolhida e celebração de Missa Campal;

11h30 – Plantio de mudas;

12h00 – Abraço à Guarapiranga.

 

M'Boi Mirim II  – Região do Jd. Jacira e Horizonte Azul

9h00 – Abertura;

9h30 – Monitoramento de Qualidade da Água - SVMA;

10h00 – Trilha das Águas - Pavs Cejam;

10h30 – Apresentações Culturais - Ceu Vila do Sol;

11h15 – Plantio de mudas - SVMA e Desbravadores;

12h00 – Abraçoà Guarapiranga;

13h00 – Encerramento.

 

Capela do Socorro I - Parque da Barragem 

9h00 – Abertura no Parque da Barragem;

- Oficinas de sustentabilidade, atividades ambientais, exposições;

- Tendas de organizações locais;

10h00 – Shows e atividades culturais

11h00 – Plantio de mudas;

12h00 – Abraço à Guarapiranga.

Capela do Socorro II - Clube Campo Castelo

9h00 – Abertura com caminhada, coleta de recicláveis da orla, oficinas, atividades ambientais, plantio e distribuição de mudas, medição da qualidade da água
10h30 – Apresentações musicais, atividades culturais
12h00 – Abraço Guarapiranga na orla do Clube Castelo e na Água com embarcações

 

Itapecerica da Serra/Embu Guaçu 

8h00 – Missa na Paróquia Santíssima Trindade

Rua Cesário Verde, 360 - Jd Jacira - Itapecerica da Serra;

9h00 – Saída da Igreja em caminhada;

9h00 - Saída do Pedal do Abraço Itapecerica/Embu "Biker's da Serra"

10h00 – Chegada na Represa Guarapiranga;

10h15 – Café comunitária;

10h30 – Coleta de Recicláveis junto com Coop. de Catadores; 

10h45 – Apresentações Culturais - Balé de crianças;

11h30 – Plantio de mudas;

12h00 – Abraço à Represa Guarapiranga e Lançamento do abaixo assinado do Parque Ecológico do Crispim

ORGANIZAÇÃO